quinta-feira , 11 agosto 2022
Início / Notícias / Inovação tecnológica: técnica permite imprimir alimentos customizados através de impressão 3D e apresenta mudança na forma de processar proteínas vegetais e do leite

Inovação tecnológica: técnica permite imprimir alimentos customizados através de impressão 3D e apresenta mudança na forma de processar proteínas vegetais e do leite

“Os cientistas do VTT Technical Research Centre of Finland Ltd estão perto de desenvolver uma tecnologia de processamento de alimentos que permite a fabricação de lanches em uma impressora de três dimensões (3D). As técnicas testadas até agora combinam experiência em comida, ciência dos materiais e tecnologia de impressão 3D. Os pesquisadores acreditam ser possível, no futuro, desenvolver máquinas de venda de alta tecnologia que forneçam compras de lanches customizados. As informações foram divulgadas no site oficial da instituição.

Segundo os pesquisadores do projeto, atualmente os consumidores esperam por alimentos saudáveis e nutritivos, mas também com a adição de elementos como o design, prazer e até mesmo a ludicidade, mas pode-se ir muito mais além. A tecnologia de impressão 3D oferece novas oportunidades para atingir essas expectativas.

Nos estudos iniciais, cientistas testaram amido e materiais à base de celulose para os protótipos de comida 3D. Eles também estão trabalhando a impressão de concentrados de proteínas de origem vegetal (aveia e feijão faba) e de origem láctea (whey protein). ‘No entanto, é necessário muito trabalho para produzir em escala industrial. É necessário desenvolver equipamentos, além dos materiais. Esse tipo de equipamento poderia ser desenvolvido para a impressão de alimentos 3D em casa, assim como as máquinas automáticas’, explica a cientista chefe do VTT, Nesli Sözer.

Segundo a pesquisadora, a textura é um importante quesito da percepção do paladar de muitos produtos alimentares e está por trás de muitas inovações de sucesso. As marcas estão criando combinações interessantes e bem criativas com características como crocância, recheios macios e coberturas extra-crocantes. A tecnologia de impressão 3D vai permitir a fabricação camada por camada de diversas estruturas, desde crocantes até gel macio que produze uma experiência diferente ao paladar.

A impressão de alimentos 3D é uma tecnologia emergente e em desenvolvimento. Ainda não há previsão de quando as primeiras linhas de produto serão lançadas”.

Fonte: Gazeta do Povo, 03/05/2016.

Leia também

Da Covid-19 e da anulação de negócio jurídico, inclusive de contratos agrários

por Wellington Pacheco Barros.   Sumário: I – Introdução. II – Dos efeitos da COVID-19 na capacidade …