domingo , 23 julho 2017
Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Início / Notícias / Vinho sintético: Empresa da Califórnia lança vinho sintético, produzido sem uvas
Direito Agrário

Vinho sintético: Empresa da Califórnia lança vinho sintético, produzido sem uvas

Transformar água em vinho. Não, desta vez não se trata de um milagre, mas sim da promessa da empresa Ava Winery, uma startup de São Francisco, que começou a produzir vinhos sintéticos, fabricados e engarrafados sem nunca ter visto, nem mesmo de longe, uma uva sequer. Essa ideia curiosa (ok, vamos dizer perturbadora) partiu de Mardonn Chua e Alec Lee, dois amigos, que depois de ter visto em uma exposição uma garrafa do prestigiado chardonnay californiano – de valor muito acima das suas capacidades econômicas – começaram a raciocinar como seria possível fazer uma cópia fiel, mas a custo acessível.

Assim, seguindo o processo básico típico dos procedimento de contrafacção, eles começaram a dissecar o vinho em cada um dos seus componentes. Com a ajuda de um sommelier especializado e de uma longa série de análises pro cromatografia gasosa com espectrometria de massa, a equipe analisou as características do Chardonnay, Pinot Noir e até mesmo do Champagne. As moléculas responsáveis pelo aroma e sabor de cada vinho de qualidade foram catalogadas e quantificadas.

Isso serviu para elaborar o que poderia parecer uma verdadeira e própria receita do tipo “faça você mesmo”.

Combinando adequadamente os diversos aromas com a quantidade certa de água e álcool etílico, os fundadores da Ava Winery chegaram a produzir uma copia suficientemente precisa do Moscato d”Asti italiano, por exemplo. Ainda, sustentam Chua e Lee, que já estão trabalhando para clonar sinteticamente o famoso Champagne Dom Périgon. É uma pena que aqueles que provaram o seu produto, mesmo sem entrar numa analise detalhada da densidade e do sabor, notaram uma cor pouco fiel ao original e bolhas reproduzidas um pouco mais grosseiramente. Além disso, chegou a ser perceptível pelo nariz um aroma de plástico, camuflado em notas que simulam florais e frutados.

Fonte: Wired.it (texto traduzido e adaptado a partir do original de Filippo Piva), 24/05/2016.

 

09_1210516lato

Sobre a novidade, veja:

How One Start-Up Is Making ‘Wine’ Without Grapes or Fermentation (Time, 23/05/2016)

– Synthetic wine made without grapes claims to mimic fine vintages (New Scientist, 16/05/2016)

– ¿Es beneficioso para la salud el vino sintético? (Vinetur, 20/06/2016)

 

Veja a prova de degustação do vinho sintético:

Leia também

DIREITO APLICADO AO AGRONEGÓCIO – MÓDULO NOVO CÓDIGO FLORESTAL (LEI FEDERAL 12.651/2012)

Neste ano de 2017 o Código Florestal completa 5 (cinco) anos, sendo a principal política …